19/07/2012

O primeiro convite de casamento

Queridos Amigos,
Ontem chego a casa e a minha atenção vai direitinha para um envelope pousado na salva onde se costuma deixar o correio. Normalmente é o N. que vai ao correio e só ali deixa o que vem em meu nome. Mas este vinha endereçado a ele e a mim, endereço e remetente escrito à mão, envelope de um papel bom mas tamanho normal e, por isso, não parecia ser um convite para nenhum evento "comercial". O envelope ainda estava fechado mas não demorei um segundo a abri-lo.
E confirma-se o que eu já estava à espera: o meu primeiro convite para um casamento de "2ª geração". Uma menina com quem andei ao colo no mar do Porto Santo, anos a fio, a primeira vez com ... 5 meses de idade, a A., filha dos nossos amigos do coração, o M. e a V., de que já aqui contei histórias. Vai-se casar.

Sem se dar conta, sem estrilho, num tempo que não passou (!), o bebé de 5 meses do mar do Porto Santo, passou da infantil para a primária, fez o secundário, entrou na faculdade, começou a trabalhar vai "deixar o pai e a mãe", juntar-se ao homem da vida dela para serem os "dois um só". Pais muito, muito jovens e até penso que giro é um casamento em que os pais da noiva são os meus amigos, tão novos e com um ar tão desenpoeirado! 
E tenho duas amigas que se vão casar: a K e a S. E conheci o noivo da S. e que felicidade naquela cara, Deus meu! O noivo da K. já o conhecia porque ... é filho de uma amiga minha!!!As duas vão-se casar com pedido de casamente à séria, anel no dedo, compromisso para  vida. E a seguir, li isto e não percebi à primeira.  Mas depois, continuei a ler este blogue - que leio sempre e de que sou fã - e rapidamente percebi que estes namorados estilosos também se vão casar, da mesma forma, com compromisso para a vida, porque ela diz que "como só me caso uma vez na vida, é preciso aproveitar tudo".
Não vou ficar nostálgica a pensar que o tempo passou e que a minha "era de noiva eterna" é uma "era" que já "era". Embora eu queira sempre ver o meu N. com os mesmos olhos que o via quando me casei, de paixão mesmo. Continuo a pensar que sou a mesma menina que era quando me casei há 24 anos. E não sou. E tenho que pensar que ainda bem porque sei mais coisas e agora é a vez desta geração que vai  passar a ser a "primeira" e não a seguinte. Porque é a geração de agora. E como me admiro que estes miúdos pensem desta forma e que tenham voltado a pôr O CASAMENTO NA MODA!
Que romântico, não é?
Felicidades aos noivos.
E a todos os meus queridos leitores um grande beijinho da Maria


5 comentários:

Ana Ulrich disse...

Loved it! De primeiríssima geração!

alexandrachumbo disse...

maria, queremos ver o teu vestido de noiva! :)

Maria disse...

Sim querida Alexandra e eu também quero mostrá-lo e vou mostrá-lo. Vou insistir com uns meninos que eu cá sei para fazerem isso!!! Eu tenho tanta pena de ser tão naba nisto! nem consigo alterar o blogue!!! (Ontem adormeci e não fiz nada, mas quando faço ... não tenho conseguido...)

TeresaHU disse...

Adorei! Qual "já era" qual carapuça! A sua geração, Maria, é aquela que nos ensina tudo o que precisamos de saber para arriscar dar o grande passo. Se vocês conseguiram, por que não tentarmos também? :) Temos muito a aprender!! E se quiser fazer aqui um post sobre vestidos de noiva estilosos - para eu tirar umas ideias - digo já que serão MUITO bem-vindos!

Kika disse...

Maria, estes miúdos JÁ puseram o casamento na moda!!... Também é esta miudagem que vai mudar o mundo, começando neste país que precisa de tanta coisa boa (incluindo noivas lindas, maridos viris e casamentos felizes).
Um beijinho enorme!!!!