14/07/2012

Estilismos de Verão: alpargatas!

Queridos Amigos,
Ora vamos lá desvendar a história das minhas ultra-mega-estilosas  alpargatas, ultra-mega-"inspiradas" nas Valentino.
Não são Valentino. E não descansei enquanto não encontrei o meu número (FOI MUITO DÍFICIL E DEU-ME MUITO TRABALHINHO).
Para acompanhar muitos looks e percorrer o mundo nuns pés calçados em charmosos objetos de culto!!!!

O trabalhinho que tive foi devido ao PROBLEMA CRÓNICO que tenho que é tê-las imaginado logo que as vi - e sem quaisquer delongas ou hesitações - de 1.113,5 maneiras diferentes e a boa companhia que são para (todos?) os ESTILISMOS DE VERÃO.
Ora vamos lá ver:













Num look easy going de fim de semana, de férias e dos dias de semi-trabalho da "silly season" mas que  precisa de muito estilo. Misturado com um objecto corriqueiro transformado num chique surpreendente!





Alpargatas e vestido: Zara. Chapéus: Panamá (El Corte Inglés e Feira Internacional de Artesanato, de agora). Saco: da Índia, na Maité de Campo de Ourique.Óculos: Epos (Óptica das Amoreiras)


E para a PRAIA: uma praia estilosa que se transforma num chique que é tão merecido.

Vamos lá ver:




           

                 






        

   

Fato de banho: La Perla (há anos). Alpragats, óculos e túnica de renda e chapéu bordado: Zara.   Chapéus lisos: Panamá (do El Corte Inglés e da Feira Internacional do Artesanato, de agora). Shorts: Massimo Dutti (há anos). Saco de pano boneca: Marc by Marc Jacobs.

Uma curiosidade: esta túnica de renda é a que está no último look deste post. Não parece outra  num conjunto diferente? Não vos fascina este "efeito multiplicador" da roupa?

A minha lista para a praia:
  • Chapéu ("sobrero es salud")
  • Óculos de sol com as lentes mais escuras que eu tiver (de preferência boas e não as destes óculos)
  • protector solar factor máximo
  • Ipod
  • Livro
  • Água
  • Túnica de renda larga
  • Shorts
  • Fato de banho vintage
  • Saco de pano fechado GRANDE onde caiba tudo 
  • Alpargatas
  • Acessórios: zero. Relógio de borracha amarelo da Swatch.


Os ESTILISMOS DE PRAIA merecem ainda mais que os do dia a dia de trabalho por causa do "choquedo" saloio e rasca que vai para a praia como quem vai direta para o varão de uma casa de strip-tease exibir-se numa sessão porno  (será ignorância? será que não têm espelhos? será que lho impingiram a dizer que lhes ficava bem? será que não têm a mais pálida noção do que é respeito próprio e, já agora, pelos outros? será mesmo burrice ou só ignorância?) . Só que não são streapers nem pin-ups, mas andam com as nalgas à mostra, cheias de uma celulite repelente. (Lá me vai o pé para o chinelo outra vez.) Aos homens pode pôr tesos a olhar o "objeto" de exibição. Mas a todos fere o respetivo e mais elementar sentido de estética (há por aí alguém que não tenha mesmo nenhum, heim? não acredito...). Ver nalgas à mostra com .... fio ... que não é dental e que não se vê porque só se vêm nalgas e nem se sabe por onde anda aquele fio... Onde anda esta gente com a cabeça. No strip? (Brrrrrrrrrrrrrrrrr.....). Desculpem a bruteza. Se não vêem isto na praia desculpem. Eu vou lá poucas vezes e vejo.
Praia é praia. É mar, é imensidão, é azul, é luz, é natureza no seu melhor. É areia molhada, é calor e é fresco, é banho de mar, é sal no corpo, é cheiro a creme e a maresia. 
Pergunto eu: sendo assim esta BELEZA porque é que a praia há-de ser o sítio aonde um homem não pode estar descansado da vida dele mas naquele estado em que fica quando vai a um filme porno ou a uma casa de strip-tease? Homem é homem e se vê nalgas...parece que nem se importam com as banhas e a celulite. E se não ficam na altura, é depois porque homem que é homem tem uma coisa - que as mulheres também têm - e que se chama memória.
Conclusão:  a praia  precisa com urgência de voltar a ter categoria. Gente bonita e bem aviada em vez de gente armada em artista porno que de artista não têm nada e celulite à mostra muita. Celulite e o resto, nalgas à mistura que do resto também não vou falar. Foge-me o pé para o chinelo. Isso sim, às vezes foge. Mas sou bem educada e há coisas de que não falo. Mas vejo e não gosto. E não tinha que ver.
Porque homem que é homem não precisa de ir vai a casas de streap nem a filmes porno. E também não precisa de assistir a eles na praia. Ainda por cima de borla e com banhas à mistura.
Depois deste desabafo de má língua, gostaram ao menos dos estilismos?

Beijinhos da Maria

3 comentários:

Fotografia disse...

Adorei tudo, tia!

Anónimo disse...

Também gosto de tudo.
Ainda não vi na Zara as alpargatas.
Edite

Maria disse...

Nas duas Zaras do Colombo há.