25/05/2015

Disciplina

Tenho de me disciplinar. Se não, acontece sempre o mesmo: a excepção passa a regra e perde-se a piada e a pinta. E mais vale piada com pinta.
Quase nunca se pode ter tudo.



E lá ficam as sabrinas nos pés o dia todo.

Vestidos.

Gosto de vestidos largos, soltos, fluidos, que se põem sem pensar em mais nada e que se usam usam, usam de mil formas diferentes, dependendo dos acessórios, do dia, do "mood".
Simples ou com estampados.

Vai dar banho ao cão.

Já sei o que é "vai dar banho ao cão".
Há sempre uma primeira vez para tudo. Aqui fica registado para memória futura. Quem também parece que precisava de ser cardada é a dona da Bonbon, mas não há quem resista a esta ventania.
Em matéria de "outfit": gosto de cinzento com branco. Sem dúvida nem reticências.


Óculos de Sol. Novas formas.

Em matéria de óculos de sol podíamos escrever um tratado que, para mim, começaria pelos óculos de sol do meu avô, com os quais eu não me lembro de o ter visto, mas que lhe pertenceram. As lentes amarelas completamente redondas com as armações em metal, assumidamente metal.


Depois ficaram na memória alguns óculos icónicos. Alguns permanecem e só para dar alguns exemplos que têm piada, aqui fica:

1. Os grandes que a Jackie O. usou e que inspiraram a Ray-ban que lhe deu o nome.
2. Os "cat-eye" da Gace Kelly e da Brigitte Bardot
3. Os imortalizados pela Audrey Hepburn da Oliver Goldsmith  que ainda hoje se fabricam com o nome Audrey e que encontram à venda na Farfech (infelizmente parece que só no site do Brasil), mas que também inspira um modelo da Celine e muitos outros de outras marcas.
4. Quando vejo o modelo da Persol não consigo esquecer-me da imagem maravilhosa do Steve MacQueen e do seu perpétuo estilo casual-chique, fonte de inspiração para todos os homens!
Neste momento em que escrevo, estão a fazer caminho os óculos retro mas em formato contemporâneo, que às vezes nos transportam para a ficção cientifica ou para o tão próximo ciber espaço.
O que me parece mais interessante é que as formas são mais estilizadas mas diretamente retiradas das clássicas.
Estes são da Dior

22/05/2015

Ideias para casamentos e festas de cerimónia

Ultimamente o tema tem sido soluções para casamentos, festas de baptizados, primeiras comunhões.
A questão aqui é que a pessoa tem de honrar os festejados, ir adequada mas, sobretudo, bem e de certa forma "intemporal" porque vai ficar registada em fotografias memoráveis que cá ficarão de geração em geração.
Ontem tudo se passou de "três em um" (como quase tudo na minha vida) porque tinha acabado de "aparcar" no estacionamento das Amoreiras, final de dia e para fazer recados.
Isto vem para aqui só porque acho que pode dar boas ideias a quem tem casamentos ou festas de cerimónia e porque é importante "transformar" vestidos, dar-lhes um ar diferente, de forma a tirar o maior partido possível da roupa.
Sempre gostei do efeito "jóia" na roupa e de colocar coisas nos sítios mais improváveis. A cintura é um deles.
As mensagens e os SMS ao telefone que aqui deixo decorreram entre compras, jantar, arrumações de cozinha e ida à rua com a Bonbon, tanto da minha parte como desta ultra-estilosa amiga minha (cujo cabelo é de fazer inveja às pedras da calçada e que tem um figuraço de um corpo). Foi assim:



18/05/2015

Pop up "wardobe" - Parte #2

 Vestidos de flores ou saias de tecidos florais, fluidos e confortáveis + cabedal em formato biker jacket ou outro. Casamento perfeito em matéria de "indispensáveis" para estes dias de transição
Boas inspirações!

14/05/2015

Pop up wardrobe. Confortável para agora mesmo!

Altura do ano para "casar" peças da estação passada com as da Primavera e do Verão porque os dias e o tempo oscilam como nunca visto. Lembrei-me de fazer um roupeiro "pop up" com  peças que dêem o maior conforto possível em dias em que as temperaturas vão dos 12 aos 30 graus, intervalando dias de verdadeiro verão com dias de um Inverno chuvoso. :) :) :)
Aí estariam em primeira linha as camisas brancas, os blusões de pele (camurça ou cabedal), uma trench coat e, claro, as calças. Essas, afuniladas, "boyfrend" ou à boca de sino.  Sem sombra para dúvidas: sandálias.
Quanto a acessórios, podiamos dizer que os óculos de sol e os lenços de pescoço marcam esta "season" que, daqui a um par de semanas, termina com a entrada gloriosa do Verão.
No entretanto, há que desfrutar e ser felizes. Por isso: declaramos aberta a temporada. 
Aqui ficam as nossas sugestões. Bem sei que não são novidade. Mas há alturas em que o conforto se impõe perante a necessidade de adaptação do corpo à instabilidade do tempo.
Esperamos que sejam inspiradoras!
Não esquecer: "o tempo é um bem escasso e o maior luxo é vive-lo da melhor forma."

11/05/2015

Falar do que não se sabe dá sempre em porcaria.

"Ninguém, absolutamente ninguém faz abortos por prazer. As mulheres fazem-no por necessidade." A individua que escreveu isto conhece todas, mas todas as mulheres que abortaram. TODAS. Em Portugal e arredores, incluindo China, Sibéria, Antártida (Alasca e o Ártico) passando pela Patagónia. É uma verdadeira mulher do mundo. Esqueceu-se foi de falar com a médica ginecologista que trabalha num hospital público, aqui perto (Norte de Portugal), que me confessou a mim (que, como esta individua, não trabalho em hospitais nem lido com as mulheres que fazem abortos) que, um par de anos após a legalização do aborto em Portugal, uma única mulher tinha feito 10 (DEZ) abortos nesses breves anos (DEZ abortos: uma DEZENA de abortos em breves anos, não sei quantos anos, que eu não invento). Não sei se os os fez por gosto, mas fê-los foi de BORLA, grátis, não pagou (não pagou ela: pagámos nós e continuamos a pagar para isto que nos lixamos). E também se não os fez por gosto, também não os fez por desgosto que, por desgosto, não tinha feito 10 (não foi 1, nem 2, nem 4 nem 6, nem 8: 10). E se os fez por necessidade deve ter sido por necessidade de juízo.
Tropecei com esta mesma individua a dizer que "A Igreja é um lobby do caraças, podre de ricos, luxos, podres de podridão, pedófilos e outras demonstrações do demo que procuram esconder."
E se eu lhe disser que ela não se preocupe com a Igreja porque ela tem a quem sair, que a família dela é uma cambada de gente reles são pessoas parecidas entre si, onde figuram, para além de outros anormais, alguns pedófilos.
Tem de aceitar o que eu escrevo sobre a família dela porque em comum com o que ela escreve sobre a Igreja tem o seguinte: falamos ambas do que não conhecemos.
Gente que fala do que não sabe, cai sempre na asneira. Pior quando a asneira é ofensa gratuita e injusta.

10/05/2015

A evolução do estilo da Bonbon

É oficial. É "minha" mas é de todos (claro que é minha e não consigo viver sem ela nem ela sem mim), foi um feliz e inesperado encontro.
Tenho uma cadelinha daqui e peço que todos "likem". É uma raça pouco conhecida em Portugal, conhecida como o "cão contente", Grand Basset Griffon, É a coisa mais querida do mundo e arredores. Obrigada querida F.M.C. Obrigada!!!!Também por todo o apoio e ajuda.
Entretanto, está cada  vez mais parecida comigo e resolvi aqui imitar a Vogue e fazer um "remake" e um "make" da evolução do estilo da Bonbon. Repito: está cada vez mais parecida comigo, mas quem sai aos seus não degenera. Tudo bem e nos conformes, portanto.

Viseu. Unhas de Gel numa visita ao Punjab, na Índia.

Nas minhas viagens regulares a Viseu, uma das rotinas "obrigatórias" é pôr as unhas em dia (= gelinho).
Hoje encontrei a Paula num novo salão e cruzei-me com a Ruby, uma indiana do Punjab que me encantou e que tem o resturante indiano mesmo ao lado do cabeleireiro.
Na Ruby fascinou-me a mistura do vermelho com a cor da pele, as sobrancelhas com um desenho perfeito, um cabelo riquíssimo e maravilhoso,a simpatia (querida!!!!) Definitivamente amo de paixão as diferenças das pessoas, das raças, das origens.
O cabeleireiro é um espaço acolhedor, com muito bom ambiente, decorado ao estilo de "sala de estar", As unhas de gel a 8€ em perfeição. Perfeição de atendimento e resultado.
Para os que são de Viseu e para os que não são, recomendo.


 Av. António José de Almeida, 306, Viseu

https://www.facebook.com/smartart15



Se quiser ver mais fotografias, continue aqui: