18/05/2016

Obrigatório para este Verão: fatos de banho.

Peça obrigatória para este Verão: fato de banho. Ninguém devia conseguir passar o Verão sem um fato de banho. E se comprar roupa de praia que seja um fato de banho.
De repente, do nada, vejo-me a falar com pessoas relacionadas com moda e que me falam de fatos de banho. Porque são diferentes. porque têm classe. porque estão na moda. E porque são elegantes
Passo  na Zara e vejo um charriot cheio de fatos de banho. Vejo uma produção publicitária da Uterque só com fatos de banho. Na Mango: fatos de banho. E se chegam a estas cadeias de comércio desta maneira é porque é uma tendência que virou moda.
Várias cores, vários padrões, vários modelos. Mas de fatos de banho.
E depois é o blog de "moda" mais lido de Portugal (atenção: não tem nada a ver comigo mas os comentários que as pessoas vão lá deixar levam-me à lua de gargalhada: um mimo!). Vem fazer a apologia dos fatos de banho e dizer que já comprou vários este ano. Os comentários dos leitores desta vez são todos positivos. Se não acreditam, vejam aqui.
Penso que estou a s sonhar: há que anos faço a apologia dos fatos de banho e são uma tendência consistente de alguns anos para cá. Agora viraram moda.
Aqui ficam algumas inspirações:

05/05/2016

As aparências têm outras funções para além de iludir.

Às vezes- ou quase sempre- uma pessoa devia ver-se ao espelho e pensar no que parece.
Porque, embora as aparências iludam, às vezes também ajudam a perceber que não se deve optar por certas e determinadas coisas. Porque iludem ou criam equívocos acerca da própria pessoa.
No caso desta senhora, que tem bom ar natural, este outfif não me convence. Não consigo abstrair do facto de que ela vestiu a bata da mulher a dias e está pronta para uma varridela. Nada contra as batas pois o problema aqui é  que ela não ía varrer a casa mas só assistir à moda Lisboa.
Aqui está uma boa dica: olharmos para o espelho com o intuito de pensar no que parecemos e tentar responder com o máximo de imparcialidade e discernimento. É certo que se levantam inúmeros obstáculos mas se estivermos prevenidas para eles, superamos. Um dia hei-de escrever sobre esses obstáculos que se ingerem entre nós e a verdade daquilo que parecemos ser (porque a verdade daquilo que efetivamente somos não se vê nas aparências). Mas seguramente passam por uma coisa que se chama"adição" àquilo que é a tendência do momento, a uma marca, a um criador mais ou menos idiota (= de ter ideias) que se lembrou de inventar umas trampas para dar nas vistas e falarem sobre ele. Por exemplo, o Riccardo Tisci, diretor criativo da Givenchy  deve ter posto o senhor Hubert às voltas no túmulo com a recente colecção de homem em que cometeu uma enorme fraude e estupidez que não cometeria se a figura estampada nos calções dos homens fosse a fotografia da mãe dele ou do profeta Maomé. Nos próximos tempos hei de andar longe  da Givenchy apesar de o senhor Hubert ser de muito boa memória. Aliás, das melhores que há na história da moda. Mas, no fundo, estou convicta de que a nudez das kardasiams da vida faz muito pior do que a estupidez do senhor Tisci. Ao menos este tem momentos de genialidade que nos  surpreendem. As outras é só mesmo voyeurismo  e vazio (além de muito tecido adiposo: isso temos de reconhecer que sim e que nalguns casos até têm a vantagem de pôr de lado as tendências anoréticas e mostrar ao mundo o que são as mulheres gordas e que os homens gostam é dessas mesmo. Temos sempre de ver o lado bom de tudo)

Boas mesa.

No Funchal recomendo  o restaurante o Barqueiro para quem quer um peixe  de mar, do melhor. Direto do Atlântico para o prato. Restaurante despretensioso mas para uma refeição inesquecível em que a matéria prima é de primeira qualidade. Muito típico e o atendimento é muito familiar.
Com esta vista. Vista de paisagem e de prato:

04/05/2016

Folhos.

E assim se desfaz o mito de que folhos são complicados de vestir.
Com um look muito simples, muito elegante e muito tendência.
E assim, de uma assentada, se desfaz um preconceito e se abre a cabeça para a originalidade de uma simplicidade e eficácia imprevistas. E nada mais a dizer.

03/05/2016

Descanso. O paraíso na terra às vezes é possível

Se as pessoas aceitassem a sua natureza, como ela é - não como a pretendem fazer crer que é - mas com verdade -  muitas coisas se resolveriam facilmente sem os falsos temas "fracturantes". Isto passa também por aceitar que precisamos de descansar. Isto tinha tanto que se lhe diga! Porque às vezes o descanso torna-se uma "alhada" porque as pessoas metem-se em múltiplas complicações  quando ligam o modo "férias", desde endividarem-se a penhorarem o melhor que têm e que são os laços de família e envolverem-se em aventuras de descarte que só criam problemas.
E num blog de moda, é preciso dizer que muitas vezes  o botão "férias" ou "praia" deveria ligar também o do estilo mas às vezes "vai-lhe o pé para o chinelo" e fica-se só em modo " desleixo". Que não casa nada com a maravilha que é a natureza. Veja aqui:

Sugestões para aliar férias, estilo e elegância e encontrar os melhores momentos da vida.


Aqui deixo algumas sugestões de "roupeiro" de férias de uns dias de descanso passados agora que não são de verão nem de verdadeira praia. Porque nisto, como em tudo, há que adaptar as eleições de outfit às ocasiões. E se o destino fosse a praia de verão, seria diferente.
Mas como verifico que há imensas pessoas a fazer umas pequenas (e merecidas!) férias por estes dias, aqui ficam algumas  sugestões que tanto valem para uma viagem a uma das capitais europeias como a uma ilha onde ainda não se inaugurou a época balnear (mas não esqueça do fato de banho!)

1. Peças tendência desporto como este colete que nos transporta para um court de ténis mas que pode ser usado com uma blusa de padrão totalmente "sixties", como a da fotografia. Dão-lhe um ar casual mas ao mesmo tempo chique que a vai fazer sentir segura nas entradas nos museus ou nos passeios pelos jardins.
2. Uma parte de cima "pijama" que pode usar com uma ganga escura. O efeito é muito moderno e vai fazê-la marcar a diferença em relação ao modo"turista" tradicional.
3. Rendas e bordados. Um vestido de renda, ou crochet (o crochet é um "must" esta estação!) pode ser usado na praia por cima de um fato de banho ou num jantar mais romântico que exija uma peça mais especial.
4. Uma blusa branca de elástico na parte de cima. É a tendência do momento e não precisa de ser usada abaixo dos ombros mas em cima. Use-as  com umas calças cropped brancas. Vai fazer-lhe apetecer andar descalça a passear num areal!
5. Padrões étnicos. Em cintos, casacos, calças, o que for. Têm a virtualidade de nos fazer sentir completamente em férias.
6. Ganga. Em vestidos e calças, são sempre indispensáveis nas viagens. São versáteis porque dão conforto e fazem um efeito muito casual com uma sweater ou uma tshirt simples mas também podem ser usadas com rendas que lhe dão um ar mais especial para alguma ocasião que o requeira.
7. Não se esqueça de levar uns tênis e uns sapatos de algum salto. E um trench coat de Primavera. Ocupa pouco espaço e pode fazer lhe muita falta. E, claro, um casaco de malha e uns lenços grandes de pescoço. Porque, com o tempo, nunca se sabe.
Veja aqui:

02/05/2016

Saia plissada

Um "essencial" de eleição para esta primavera é, sem dúvida, uma saia comprida.

Escolhi esta plissada porque alia uma outra tendência desta estação: os metalizados.

Uma saia plissada é muito versátil e pode conseguir looks completamente diferentes, dependendo do que escolher para a acompanhar.

Na compra, tem de se ter cuidado a escolher a saia porque há algumas que alargam a anca e outras não.

Pode usá-la com quase tudo, mas aqui ficam algumas sugestões:

- Com uma "bomber jacket": é a tendência do momento.
- Numa onda descontraída use com uma "biker jacket".
- Se se atrever: com ténis Adidas, All Star ou semelhantes. "Trendy"!
- Com uma blusa branca irá encarnar o eterno clássico, seguro e sem risco para as suas horas de trabalho formal. Se acrescentar um cinto a marcar a cintura obterá um look muito "fifties" e chique. Acrescente um lenço no pescoço para marcar esta tendência.
- Se quiser acrescentar um blazer, embora não seja tendência, é um clássico. Porém, não se esqueça de que deve ser um blazer curto, pois o comprido só fica bem com estas saias a pessoas muito (mas muito) altas.
- Para a noite acrescente um top bordado ou com pedraria.
Em qualquer caso, não se esqueça de que estas saias se usam compridas e, por isso, o casaco que escolher deve ser curto e nunca estar abaixo da anca porque encurta o corpo. Excepção, claro, às pessoas altas que comportam essa combinação.
Nota: também gostei imenso desta saia de tule, mas parece que já anda esgotada.


Para o dia da mãe, juntei-lhe um top da BCBG e dei-lhe um acabamento "beauty" com umas sandálias "jóia" da Uterque.  Veja aqui:

30/04/2016

Festas em casa.

Em época de festas, aqui ficam sugestões:
Bolos enfeitados com flores naturais.
Arranjos com tudo o que é necessário para uma explosão de cores da natureza. As mesmas que estão imortalizadas na pintura como "naturezas mortas". Mas aqui  vivas e vividas. Com muita alegria.






Veja mais sugestões:

Simplicidade elegante. Dicas.

 Para os dias corridos sem tempo para pensar no que vestir, ou sem resposta para a pergunta sobre o que tirar do roupeiro, aqui fica o conselho seguro: pegar nos básicos e construir um look confortável e confiável, assumidamente minimalista e "clean". A eleição de um acessório (simples!) marca a diferença (discreta).
Ou seja: com pouco se faz muito. Porque e elegância passa  seguramente pela simplicidade
Aqui ficam duas sugestões:

Malha de decote em v de lã merino ou cashemira fina com calças fuseau (se for azul noite com preto: perfeito!). Acreecente um lenço pequeno no pescoço. Se lhe fizer calor ao meio do dias: enrole-o no pulso apertado com um nó . Os sapatos de salto dão -lhe altura e elegância, sem precisarem de ser vertiginosos. Eleger um salto médio dá -nos mobilidade e leva -nos longe (sem chegar a meio do dia a querer pôr os pés às costas ou atirar  os sapatos  pela janela  :):):):
Nota: não hesite em saltos médios. Estão na moda desde que o Karl Lagerfeld os pôs  nos pés  de todos os looks  do desfile Fall 2015 da Chanel. Quem não se lembra daqueles Sapatos maravilhosos que fizeram carreira e são uma tendência?


Um vestido comprido "tubo" . A altura certa é acima do tornozelo. "Menos é mais" mas acrescente  lhe umas sandálias especiais que funcionarão como um "fashion statement"



Não esqueça: boas inspirações e boas escolhas às vezes vêm das peças de roupa mais simples!



29/04/2016

Riscas.

Riscas navy+ azul+ branco+ encarnado. Um clássico. Que vai fazer cem anos. Escolha segura de risco zero. Que pode ser reinventado e tem sido, temporada atrás de temporada.
Aqui com umas calças"cropped" de bainha desfiada e uns mocassins metalizados.






Obrigada querida CC pelas fotografias!