31/01/2013

Amo-te.

Meu Amor,
Amo-te tanto! Amo-te com o amor mais sublime que pode haver nesta terra.
Porque sou tua e tu és meu. Estou em ti e estás em mim. Totalmente, completamente, com todo o nosso ser, o corpo e a alma. Tu só em mim e eu só em ti.
Não te vejo sem mim e não vivo sem ti.  
Amor da minha vida.  Não há barreiras, não há sofrimentos, não há contradições que nos separem porque os dois somos um. Com a força que temos: não somos dois, mas somos um.
Não há amor como o nosso nesta terra. Recebi-te por inteiro e a ti me dei por inteiro. Para sempre, para sempre, para sempre. Sem condições, sem reservas, sem limitações  Aconteça o que acontecer, estamos os dois juntos e os dois somos um. Confundo-me contigo e vejo-me em ti, meu amor.
Amo-te, meu amor, como tu és. Amo-te com o amor mais pleno que há na terra. Sou toda para ti e tu todo para mim. Sou tudo em ti e tu és tudo em mim. 
Amo-te com um amor fecundo que revejo nos nossos filhos.
Amo-te tanto! 
Amor sublime e pleno e tão frágil! Cresce ou diminui, mas nunca fica igual. Como os nossos filhos, precisa do alimento bom, vitaminado, preparado, exercido do nosso querer e da nossa boa vontade.
Desculpa-me os desencontros, desculpa-me os dias em que me esqueci de te abraçar e sentir o teu corpo forte proteger-me. Desculpa os dias que passaram e eu me distrai do nosso amor. As vezes que esqueci de te dizer o quanto eu te amo. 
Onde chegarmos, meu amor, chegamos os dois. E para onde formos, vamos os dois. Fora de ti não encontro felicidade e o caminho pára. 
Quero-te tanto, amor da minha vida!
Depois destes anos, tantas coisas mudaram, meu amor! Incluindo as amarguras que fizeram agora o nosso amor saber a mel. Os espinhos que se transformaram na rosa mais bonita deste mundo. E que é nossa. Nossa dos dois. Amo-te agora com um amor mais forte do que o primeiro. 
Tenho-te a ti e tu tens-me a mim. Os dois somos um.
Este ano faz mais anos que estou contigo do que aqueles que não estive. E são os melhores de sempre. O caminho da minha felicidade tem o teu nome.
"Cada dia te quero mais."
Amo-te tanto!

4 comentários:

TeresaHU disse...

Querida Isabel,

Mais uma vez muito obrigada pelo tempo em que esteve connosco ontem. O Lopo gostou muito de a conhecer, e eu de a rever!

Este texto está lindo, é da sua autoria?

Maria disse...

Querida Teresa: o texto é da autoria de 24 anos, vai fazer 25. Um beijinho. Também eu gostei tanto de estar com os dois ontem! Casal estiloso...

Anónimo disse...

Isabel, até me arrepiei...
O seu marido deve estar completamente derretido. É reconfortante saber que existem casais assim.
Um grande beijinho de parabéns aos dois.
C.

Catarina Nicolau Campos disse...

LINDOOOOO!! Sinto-me tal e qual, sem tirar nem pôr!