18/03/2012

O regresso às origens, ao classicismo, ao vintage mas de uma contemporaneidade desarmante, cativante e irrecusável, em esbanjamento de estilo

Queridos Amigos:
Aqui fica a prova provada e comprovada de que o regresso à origem, o classicismo, o vintage estão aí. Venceram e convenceram.
Em ambientes familiares de serenidade e paz. Às vezes de nostalgia, mas sempre eivados de atualidade contemporânea. Em esbanjamento de estilo, cativante, desarmante, irrecusável.
E que ultrapassam a moda e nos transportam para um life style ou, melhor, um estilo de vida com um pano de fundo de valores intemporais.
Todos o adotaram: as mais exclusivas e as mais populares.
Para evitar equívocos por causa das minhas legendas: todas estas são fotografias publicitárias desta temporada (!).
Ora vejam lá:



Miu Miu:





Fotografia de Karl Lagerfeld (para publicidade da Fendi):


Também da Karl Lagerfeld (fotografia para publicidade para a Chanel)



E diretamente de um filme do Frederico Fellini, vem a prova provada da Dolce & Gabbana (que há uma coleção atrás eu diria que era impossível eu trazer para aqui, por motivos que não interessa agora porque esta publicidade é de mestre. De mestre!)

 



Prada,  "diretamente" de Biarritz, 1965.



Bluemarine (fotografia para publicidade) - "saída" de um filme dos anos 50...

Idem... mas para a Longchamp



Agora de uma revista de algures dos anos 60 de um dos do "triunvirato" que revolucionaram a moda: Paco Rabanne, Courrèges ou talvez de Pierre Cardin.. Mas agora, da Pinko!




A passagem da década de 50 para os 60, a recente Boy bag da Canel (fotografia de publicidade)

 


Saídos de um bar Liverpool, acabados de ouvir uns rapazes que davam pelo nome de The Beetles ...


(Fotografia de publicidade de Marni para H&M)
(idem)

(idem)

Ir lanchar com os amigos. Vou pedir-lhe que namore comigo. Ela vai aceitar. Eu sei.


 Não me queria zangar com ele porque o adoro de paixão. Mas é um mulherengo atrevido!


 É com ela que eu vou ficar.

 Namorar ao Domingo à tarde. Cheira a primavera e está tudo a nascer. Gosto dela e  vou dizer-lhe hoje.


 Janis Joplin e Jim Morrison. É a música de que eu gosto.


Gosto, gosto, gosto imenso. Acho que não podia gostar mais.
E vocês o que acham?

3 comentários:

kika disse...

Cá em casa está a ser um gozo descobrir as calças da mãe de cintura muuuito subida, de quando tinha 20 anos; os lenços que jamais pensaria tirar da gaveta ou o blazer com uns grandes enchumaços nos ombros que está guardado há 30... acredite que até a minha querida avó me passou uns sapatos (esses são tão tão tão vintage que ainda nem tive coragem de usar!!) e ficar muito in!!!

Maria disse...

Isso mesmo! lenços: um must. E voltaram a adereçar os cabelos de mil formas diferentes. Quem me dera mostrar aqui! Mas vamos ter oportunidade de o fazer ao vivo!

TeresaHU disse...

Adorei!!!