13/10/2013

Welcome to London City!





Primeiro: eu estou bem, estou fina. Recebi imensas mensagens por causa do último post que aqui escrevi e que, pelos vistos, diz mais do que eu quis dizer. Eu estou bem! O que tenho é um problema pulmonar que já tinha antes e estou como estava antes do post que, pelos vistos, estava mal escrito porque perceberam que eu estava doente!!!! Ora eu estou exactamente como estava antes de escrever o post. Só disse que ía morrer porque me obrigo a pensar muitas vezes nisso, pois põe-me a cabeça no Céu, os pés da terra e o coração no que é verdadeiramente importante. O que a médica me mandou fazer foi ser seguida no hospital de Santa Marta porque é um centro de excelência e ... porque tenho de ser seguida. Mas estou bem. Eu tenho um problema mais grave que é o facto de fugir dos médicos porque acho sempre que eles nos vão encontrar doenças... Todos temos os nossos "calcanhares de aquiles", certo? O meu é a parte respiratória e é por isso que ando sempre de lenço amarrado ao pescoço e chapéu na cabeça. Ás vezes as pessoas acham estranho, mas eu sei que se apanho um pouco de sol na cabeça fico logo doente. E frio no pescoço e é o mesmo e correntes de ar, não posso apanhar frio e é isto, não posso passar do quente para o frio que é certo. Um vidrinho ... . Nada de mais. Só é um assunto que tem de ser vigiado e seguido. MUITO OBRIGADA porque, no fim de contas, recebi tantas mensagens, tão carinhosas que fiquei absolutamente rendida. Estou como estava antes, com a mesma doença que tinha. Mas há alguém que vá ao médico e não venha de lá com uma doença? Vêm-nos por dentro e por fora e alguma coisa têm de encontrar. Nem que seja um quisto sei lá aonde ou uns parafusos a menos na cabeça. Como não me viram a cabeça, não deram com esse problema, mas este também não é preciso. Bastava verem este blog para fazer esse diagnóstico.
Hoje andamos a vadiar em Londres. E aqui fica   o registo. De manhã Missa. Se não há Missa para onde queremos ir, não vamos. Nós somos assim. Ponto. Num país anglicano, a Missa católica é de um cuidado que não tem limites. O Confiteor, o Glória, o Pai Nosso em latim cantado. Num ritmo certo - nem acelerado nem parado - absolutamente afinado e certo. A homília .... sobre a consagração que o Papa Francisco fez do mundo interior ao coração de Nossa Senhora (e fê-la diante da imagem de Nossa Senhora de Fátima que foi a Roma pela terceira vez desde sempre para este efeito) e sentimo-nos em casa.... Estamos seguros, estamos confiantes e não precisamos de mais nada.
Agora aqui está: Trafalgar Square. Uma pessoa chega à National Gallery e vê, entre pessoas em show para o público, uma "manif" sei lá eu do quê. Voltei a ver os quadros do meu querido Van Gogh, os girassóis que ele pintou 2 meses antes de morrer e que considerou uma ode à alegria, colocou no quadro de hóspedes da sua casa e que o seu amigo Paul Gauguin encontrou quando o foi visitar. E os quadros que pintou no ano e no mês que morreu, como os campos de St Remy.  E os outros que pintou na fase mais criativa e produtiva da sua vida que foi, precisamente, a que esteve internado, durante os últimos meses da sua vida. A cadeira com o cachimbo e o tabaco no seu quarto, de proporções e perspectivas desarmantes em relação à porta e à parede.








 

Piccadilly Circus e Leicester Square










 Regency Street e Oxford Street











 Beijos da Maria. Amanhã há mais!






5 comentários:

MPB disse...

Olá Isabel, posso atrever-me a perguntar onde optou por se alojar? Estou a pensar ir a Londres c/ o meu marido e filhos em Abril (e aproveita irmos c/ os kids à Legolândia) e estamos já a organizar a estadia (por forma a que, c/ antecedência, possamos minorar custos, sobretudo de viagens!!!) Obrigada e 1 gde beijinho, boa viagem! ;)

MPB disse...

Olá Isabel, posso atrever-me a perguntar-lhe onde está alojada? Isto porque estou a pensar ir aí na páscoa c/ o meu marido e filhos (e aproveitamos p/ levá-los à Legolândia!) e já estamos a preparar a viagem c/ toda esta antecedência por forma a tentar minorar custos, sobretudo de viagens!! Tenho estado a ver hotéis, mas é um mundo... e tb. terá de ser um local onde nos "encaixemos" os 4! Estarei atenta aos posts e vou aproveitar cada sugestão e todas as suas dicas!! Ai que saudades tenho de Londres... Continuação de boa viagem! 1 gde beijinho, Marta (Darca!)

Maria disse...

Querida Marta! Falamos quando eu chegar a Lisboa. Sim! Tenho muitas dicas. Uma delas conto amanhã no blog!!!! Um beijo grande!!!!

Rosarinho MB disse...

Que gira!!!
QUando volta?

Maria disse...

Ontem (sábado) chegamos à noite! Fui escrevinhando posts pelo caminho e aqui vão eles...