21/05/2013

Leather + renda + riscas!

Queridos Amigos,
A minha ideia de "chique" e "elegante" tem muito a ver com o que fica bem a cada um, ao seu tipo de corpo mas, acima de tudo, está de acordo com a sua maneira de ser e as suas características, quer as estruturais (idade, profissão, ..,..), quer as circunstanciais (o sítio onde está, o evento a que assiste, ...,...).
O que eu gostava mesmo - era um sonho ! - era trazer para aqui várias pessoas, todas diferentes umas das outras e ... vesti-las, sem limitações, sem restrições, ir buscar o que lhes fica melhor, ao melhor preço com a melhor qualidade.
Muitas vezes dou comigo nas lojas a pensar "isto ficava bem à XXX" e "isto ficava bem à YYYY". E desde pequena que dispo e visto as pessoas na minha cabeça. E normalmente sei sempre do que é que as pessoas que eu vejo menos bem iriam gostar e que lhes iria ficar bem. 
Na hora de decidir, qualquer um de nós devia sempre responder à pergunta:"isto diz bem da minha pessoa?"
Muitas vezes as pessoas enfiam-se no que se usa e é cada "tiro" que... enfim...
A roupa é um bocadinho como a gastronomia. O ser humano é o único que não se contenta com comer umas coisas directamente tiradas da terra ou das árvores ou caçadas. E também não nos limitamos a cobrir-nos. E isso tudo faz parte da essência da pessoa humana. De tal maneira que depressa chegamos à consideração da sua dignidade. Parece uma estranheza falar de dignidade da pessoa humana num blog sobre moda.Mas é exactamente isso que eu penso e é exactamente por isso que o tema "moda" me fascina louca e irresistivelmente. Sei que vou chocar, mas acho que é um tema que está directa e inelutavelmente relacionado com a essência da própria pessoa. Só quem não percebe isso é que diz que este tema é uma futilidade de gente reles e ôca.
Eu não tenho modelos para trazer para aqui e venho eu. Não por vaidade, mas para dar ideias. Eu sou vaidosa, mas com a idade que tenho já não me importo do que digam (e dizem sempre bem... porque são queridos) e do que pensem. Ganhei esse estatuto com a idade e estou-me completamente nas tintas com esse tema. Por isso - sem falsas modéstias - dou-me ao luxo de me mostrar aqui como sou, sem maquilhagens nem preparações prévias como fazem as outras bloguers mais miúdas. Para isso não tenho tempo nem disposição que o meu trabalho já dá conta de mim e de outras "mins" que houvesse. 
E hoje fiquei feliz porque uma amiga minha comprou as sandálias que eu mostrei da Oysho, lembram-se? Outra foi buscar a camisa do pai precisamente porque era parecida com o look que eu pus aqui nesse mesmo post. Outras passaram a ver o "odiado" amarelo com outras olhos. Outras foram buscar roupas antigas que não viam a luz do dia há muito tempo e deram-lhe a volta com combinações inesperadas.
E, por último, outras passaram a cuidar-se mais e estão definitivamente mais bonitas!
Ora isto para mim basta. É o suficiente para eu continuar mesmo em dias como hoje em que chego ao escritório de manhã e parecia que o mundo se virou do avesso e todo contra mim  e sinto-me completamente derreada. 
De manhã acordei com frio. Eu visto-me sempre de manhã conforme o "mood". É assim que faço. Gosto imenso de riscas e hoje queria riscas. Mas a camisola é fina e tinha de pôr camadas por baixo.Pus uma. Não foi suficiente e lá fui buscar esta que é de renda mas quente (uso-a. uso-a, uso-a....) e pu-la por baixo. Gosto muito do efeito de sobreposições. E o meu gosto por renda tem sido uma permanente neste blog... Como esta é muito comprida, meti um bocado dentro das calças para aparecer só um bocado da renda. Antes de mostrar, vou dizer que acho que a ideia de que as riscas horizontais fazem as pessoas mais gordas é um bocadinho um mito e acho que tudo depende das riscas, do modelo e não há nada como experimentar (cuidado com os espelhos das lojas porque, por lei, é permitido que encolham até uma percentagem que eu julgo que é de 20%, mas não estou certa!).
 Ficou assim:

























Casaco de cabedal: Zara saldos de colecções passadas; combinação:Maria by Maité (Rua Ferreira Borges, Campo de Ourique, Lisboa); Camisola e Chapéu: Zara colecções passadas; calças: Zara; Sapatos: Uterque. Pulseiras: Maria By Maité; Bimba & Lola e Inês Calheiros. Colar: muito antigo (?)
AH!!! O verniz! É muito especial sim. Um azul fora do vulgar. É o "Blue Boy" da Chanel! (do ano passado)

PS - Ando sem aliança. Temporariamente. Depois explico porquê que isso vai dar um post inteiro!
Bisou da Maria







5 comentários:

Rosarinho MB disse...

Ando sem vir aqui há algum tempo...desleixos! Quando volto...: o blogue continua com uma pinta desgraçada e a minha amiga cada vez mais gira... GIRAS FTG!!!!!
Eu bem sei porque anda sem aliança... Vem aí uma ainda mais bonita, não é verdade??
Tenho de lhe mostrar o vestido que estou a mandar fazer para levar ao casamento da Teresa... um estouro!

Maria disse...

Rosarinho quero muito ver! Estava a sentir a tua falta aqui... Beijo do coração!

M disse...

E a mim o que me ficava bem???? Beijinhooooos

Maria disse...

M! Pois tinha de a conhecer e dir-lhe-ia sem hesitações e com toda a sinceridade o que lhe fica bem! Envie-me um e.mail! Beijinho da Maria.

Maria disse...

M. como já sei quem é digo que lhe fica bem tudo. Muito fácil! Beijinho!