06/08/2012

Unhas!

Queridos Amigos,
Isto vem para aqui não é por causa do eyeliner que eu até nem acho que se ensine a pôr assim. Se eu soubesse fazer filmes, mas não sei e por isso tenho de ficar caladinha.
Isto vem para aqui para demonstrar - ao vivo ! - o que quero eu dizer com verniz em degradé e para dizer - já agora, numa de tinhosa e parvinha que não se fica com as bocas que lhe mandam - que, afinal, a invenção de uma unha de cor diferente não é assim tão estranha.

Andei quase duas semanas com uma unha azul e as outras amarelas e só hoje mudei. Mas ainda hoje ouvi novamente - desta vez do meu querido Pai - que parecia que tinha a unha entalada.
Eu gostava muito das "nails" das americanas com uma unha diferente, com brilhantes ou outros desenhos, embora não goste de unhas muito compridas, como elas usam. Um dia pintei uma unha com a cor das armaduras dos guerreiros de Aljubarrota (um dourado - esverdeado - bronze que está algures neste blogue) e fiquei encantada de me lembrar deles. Pintei essa unha só para ir à perfumaria e comparar com um dourado que tinha visto. Mas fiquei tão encantada e encadeada com a unha assim que a deixei andar assim por uns dias. Ninguém disse nada (devem ter pensado que era desmazelo ou não ligaram).
Mas agora com a unha azul, tenho ouvido algumas bocas - sempre de homens que não se aviam com estas coisas.
Por isso, todo este testamento para pôr aqui as meninas da Telva com as unhas assim.
Mas, como sou teimosinha e parvinha, continuo a dizer: gosto mais da unha diferente no dedo anelar.
Começo a pensar porque é que será (os nossos gostos têm sempre um motivo e raramente são irracionais) e chego rapidamente à conclusão que deve ter sido por ter crescido a ouvir dizer "não se aponta!".
Tanto me entrou isto no subconsciente que acho que não consigo andar com uma unha diferente no indicador... Mas gosto!
E já agora: a minha unha azul no meio das amarelas já encantou e inspirou muitas raparigas! Verdade seja dita: muitas mesmo!



"Besos de vuestra" Maria

2 comentários: