15/08/2012

Penteado muito "sixty". Fashion num regresso às origens. Feito em casa!

Queridos Amigos
Andamos aqui todos tesos (=sem dinheiro) e deu-me para ver penteados no youtube.
Agora apetece-me usar penteados românticos, entrançados, de veraneio (para mim só permitidos nesta época), porque me sinto muito bem com o meu "pelo de rato" lisinho e torna-se mais fácil obter esse look.
Mas eu amo os looks "sixties" de paixão e tenho-os vindo a ver nas passagens de modelos dos últimos anos. Há outros, sim, mas eu só tenho olhos para estes.
E apanhei dois vídeos: um de uma rapariguinha encantadora, simples e ultra-mega natural e o de um profissional que deve ser muito "à frente".

Ela parte de um cabelo que não é penteado. Um cabelo que ela diz torcido porque tinha acabado de tirar um coque. Não usa produtos e faz tudo assim mesmo, com o que tem e eu acho que ela ensina tão bem e parece que está juntinho de nós a fazer o penteado.
Ele, um profissional, parte de um cabelo já penteado, liso com ondas largas (= difícil de fazermos em casa) e farta-se de usar produtos.
Ficam os dois. Eu aprendi mais da primeira e estou ansiosa para ir para a frente do espelho fazer isto.
Quem será esta miúda? Ela sabe IMENSO, talvez mais do que pense e não há melhor para este tempo de "tesos" do que gastar algum tempinho entretidos com os cabelos e obter resultados ... absolutamente surpreendentes.
Acho que amanhã já vou estar muito "sixty".
Quem me dera conhecer esta miúda!!!! Gosto muito de pessoas que se poderiam definir - ainda que externamente - pela sua simplicidade e pela sua naturalidade. De repente, sem esperar, encontramos "tesouros escondidos" nesta mega simplicidade. Acho que me ia rir muito com ela e com as "enroladelas de língua" que ela dá. Não sei se ela sabe, mas o que está a fazer é regressar às origens. Ripar o cabelo e dar aquele ar que tanto pode ser lady-chique, como hippy-chique (lembram-se da Brigitte Bardot?). A Amy Winehouse inspirou-se aqui, nestas origens, e depois inspirou tantos criadores de moda que ficaram fascinados com os looks dela! Definitivamente, estes penteados são um must e agora POSSO FAZÊ-LOS EM CASA.
Até acho mesmo que me vão confundir com a BB (=Brigitte Bardot), versão morena. Acho mesmo.
Se alguém por aí conhecer esta miúda, diga sim? Vou tentar encontrá-la! Atenção: eu não conheço a "Né" que ela diz "que todas vocês conhecem".
 Bem: amanhã venham cá que talvez tenha algo made in Portugal muito interessante. Ou, pelo menos de que eu gosto.
Quanto ao site, tenho o meu "manager" a prepará-lo e estou entusiasmada com a versão!
Divirtam-se com isto:





Beijinho da Maria, versão "sessenteira", muito chique!






2 comentários:

Ana Ulrich disse...

Também não conheço a Né!! Que graça. A moça da segunda reportagem não parece muito feliz! Gostei de ver que estas coisas existem!!

Maria disse...

Um mimo a rapariga do primeiro vídeo.